fbpx
[Custos] TPMS, o que é?

tpmsimages

TPMS é Tire Pressure Monitoring System, ou Sistema de Monitoramento da Pressão dos Pneus.

É um equipamento eletrônico projetado para monitorar a pressão do ar no interior dos pneus em vários tipos de veículos. O TPMS informa em tempo real a pressão dos pneus para o condutor do veículo , quer através de um medidor, um display gráfico, ou uma simples luz de alerta de baixa pressão.

Este acessório ainda é pouco conhecido no Brasil, mas sua importância é tão relevante que já obrigatório em alguns países. Nos Estados Unidos, por exemplo, para ajudar os motoristas a reconhecer a importância da segurança da pressão dos pneus e manutenção, o Congresso aprovou o Ato de Rodagem, que requer a maioria dos veículos fabricados a partir de 2006 sejam equipados com TPMS. A estatística americana é que, a cada ano, 80.000 acidentes são atribuídos a baixa pressão dos pneus.

tpms-graph

O TPMS pode ser dividido em dois tipos diferentes – diretos (dTPMS) e indiretos (iTPMS). TPMS são fornecidos tanto em como OEM (de fábrica) como uma solução de aftermarket.

O TPMS Direto usa um sensor montado na roda para medir a pressão do ar em cada pneu. Quando a pressão do ar cai 25% abaixo do nível recomendado pelo fabricante, o sensor transmite essa informação para o sistema embarcado e dispara a luz de alerta no painel.

O TPMS Indireto trabalha com os sensores ABS do veículo. Se a pressão de um pneu é baixa, ele vai girar a uma velocidade de roda diferente do que os outros pneus. Esta informação é detectada pelo sistema embarcado do veículo, que desencadeia a luz de alerta no painel.

 

Veículos Pesados

Mining-diagram-1

Minha experiência na implantação de TPMS em veículos pesados tem sido bastante positiva. O sistema instalado em caminhões fora-de-estrada, escavadeiras e pás carregadeiras permite que o operador perceba pequenos vazamentos, principalmente nas rodas trazeiras e assim ele evita a perda completa do pneu. Isto reduz não apenas o custo de pneus, mas também o custo de máquina parada, pois a troca de uma roda inteira, é trabalho para 3 a 4 horas de imobilização do veículo. Evitar a perda de apenas um pneu em meia-vida paga o investimento no sistema para o veículo.

Um recurso adicional, muito útil é integrar o TMPS na telemetria do veículo, permitido que todos os alertas sejam registrados e disponíveis ao gestor da frota.

Cálculo do Retorno do Investimento

Tenho disponível uma planilha para o cálculo do retorno do investimento com a instalação do sistema TPMS, aplicável a qualquer veículo, desde os caminhões fora-de-estrada, até rodoviários e ônibus.

Registre-se no formulário abaixo para inscrever-se em minha lista de contatos e recebê-la.